Novembro Azul: conheça alertas importantes sobre saúde masculina

novembro azul cuidados com a saúde

A parcela masculina da população é a que menos procura os serviços de saúde de maneira preventiva. Só para você ter uma ideia, de acordo com dados dos Ministério da Saúde, 31% dos homens ainda não têm o hábito de ir ao médico, e entre esses que não vão, 55% afirmam que não precisam. 

Acontece que o diagnóstico precoce de problemas de saúde pode prevenir a evolução de doenças graves como câncer, diabetes e hipertensão. Por isso, foi criado o Novembro Azul, uma campanha de conscientização a respeito das doenças masculinas e que tem o objetivo de quebrar o preconceito dos homens de ir ao médico.

Continuar lendo

NOVEMBRO AZUL: VAMOS AJUDAR OS HOMENS A CUIDAR DA SAÚDE?

Se há uma tarefa difícil nesta vida é convencer um homem a ir ao médico. E nem precisa ser do tipo “machão”, não. Parece que eles têm verdadeira aversão a fazer um check-up de saúde, independentemente da idade ou personalidade. E quando envolve exames então? Eles geralmente são super-resistentes à ideia.

É por isso que a Sociedade Brasileira de Urologia se inspirou na campanha de conscientização feminina sobre o câncer de mama, o Outubro Rosa, para criar o Novembro Azul. A ideia é bem parecida: alertar e informar os homens sobre o câncer de próstata e incentivá-los a fazer os exames preventivos.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo câncer mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. São 69 mil novos casos diagnosticados ao ano, uma descoberta a cada 7,6 segundos.

Por isso, assim como no câncer de mama, o diagnóstico precoce da doença é fundamental para o tratamento. A doença é mais frequente a partir de 50 anos, e por isso quem chega nessa idade deve começar a consultar periodicamente um urologista. Quem tem histórico familiar da doença deve ficar ainda mais atento e começar os exames a partir dos 45 anos.

Vamos ajudar os homens a vencer o preconceito e a cuidar mais da saúde? Alerte quem você ama. Pai, irmão, filho ou companheiro… Vamos mobilizar todos nessa missão!