Você sabe como prevenir a dor de garganta?

O outono é considerado por muitos como a estação mais bonita do ano. Além da luz do sol que parece ganhar cores ainda mais lindas, aquela sensação de “nem frio nem calor” é a favorita de quem não gosta de extremos.

Por outro lado a meia-estação, assim como o inverno, é também conhecida como aquela época do ano em que as dores de garganta incomodam mais do que nunca. E pode ter certeza que não é uma simples coincidência: é que as mudanças bruscas de temperatura prejudicam a mucosa respiratória e baixam a nossa imunidade, facilitando o ataque de vírus e bactérias e favorecem o surgimento de irritações.

Continuar lendo

Coriza: saiba quais são as causas e como tratar

coriza como tratar

Conhecida popularmente pelo sintoma do “nariz escorrendo”, a coriza costuma chegar junto com as doenças típicas do inverno, como as gripes e os resfriados. Entretanto, nem sempre é assim.

Muitas vezes o corrimento nasal pode ser decorrente de uma condição alérgica ou servir de alerta para o diagnóstico de alguma doença crônica, como a sinusite, por exemplo.

Por isso, vale conferir as informações que o Penteadeira selecionou sobre a manifestação da coriza e quais as melhores medidas para acabar com o incômodo.

Continuar lendo

Você sabe quais são as diferenças entre gripes e resfriados?

diferenças entre gripes e resfriados

Basta o nariz começar a escorrer e bater aquele cansaço no corpo para você logo anunciar que está gripada? Se você faz parte desse time, saiba que, embora os sintomas sejam bem semelhantes, existem diferenças significativas entre gripes e resfriados.

Saber diferenciar cada uma dessas doenças virais pode ajudar no momento de buscar o tratamento adequado, além de fazer você entender melhor a causa de cada sintoma.

Confira as informações que reunimos aqui e as dicas para manter gripes e resfriados bem longe de você! 😉

Continuar lendo

MEL, ESSA DOÇURA DO BEM

Delicioso e muito nutritivo, o mel é um alimento ideal especialmente para esta época de frio, quando costumamos estar mais vulneráveis às baixas temperaturas. Além de supergostoso, ele tem propriedades antimicrobiana e antibiótica, capazes de impedir o crescimento de micro-organismos. Por isso, é ótimo para combater aquela dorzinha de garganta.

O PH baixo e a presença de ácido glucônico no mel reforçam a sua ação antibactericida. E em combinação com o própolis – que tem ação antiviral, analgésica, e antifúngica – é um poderoso aliado contra os sintomas de gripes, resfriados e problemas respiratórios.

O mel também dá um up na imunidade do organismo, já que é cheio de antioxidantes e minerais. Seus componentes são muitos: ferro, cobre, potássio, magnésio, fósforo e cálcio. Ele também é ótimo para as atividades do intestino ficarem em dia, pois regula a flora intestinal, e ainda diminui os riscos de infecção urinária! Que delícia do bem! 🙂

O mel só não é recomendado para pessoas que têm diabetes, pois é rico em açúcar e pode levar a picos de glicemia no organismo. 😦


O PODER DO REVIMEL
Para combater os sintomas da gripe e do resfriado, experimente o composto de mel e própolis REVIMEL! Elaborado com mel de eucalipto, extrato de própolis, guaco, gengibre e agrião.
Revimel - Divulgação Farmácias Associadas

Composto de mel com extrato de própolis, sabor guaco, gengibre e agrião 200g

XÔ, RESFRIADO!

Muda o tempo e a garganta já começa a incomodar, chega aquela tossidinha, o nariz fica escorrendo, trancado… sem falar na dor no corpo. Apesar de mais leve e menos demorado que a gripe, o resfriado também pega forte nessa época do ano, e nos deixa mais vulnerável. É preciso ficar atenta! Mantendo bons hábitos de higiene e tomando alguns cuidados, fica mais fácil driblar o resfriadinho.

Dicas simples para se proteger:

1. Lave bem as mãos
Água e sabonete são sempre a solução! Mas o álcool gel também ajuda na hora de higienizar as mãos. Atenção especial para limpeza delas depois de tossir ou espirrar, usar o banheiro e antes de comer.

2. De olho nos locais contaminados
Evite tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas, como corrimãos, bancos e maçanetas.

3. Lencinhos sempre
Leve sempre lencinhos de papel descartáveis e evite proteger a tosse e o espirro com as mãos.

4. Tente evitar locais fechados
A concentração de pessoas em ambientes fechados favorece a circulação de diversos tipos de vírus respiratórios, inclusive o da gripe. Não precisa ignorar a amiga gripada, mas evite o contato muito próximo.

5. Previna os membros da família
Os pais devem observar se na escolinha as crianças lavam as mãos com frequência. O mesmo vale para os brinquedos e objetos de uso comum, que precisam ser higienizados. Já os idosos, mais vulneráveis, podem tomar a vacina da gripe, disponibilizada gratuitamente pelo Ministério da Saúde, para se protegerem melhor.

6. Saúde em dia
Nosso sistema imunológico fica mais forte quando mantemos um estilo de vida de qualidade. Dormir bem, fazer exercícios físicos, alimentar-se de forma saudável, beber bastante água e não fumar são os grandes aliados para evitar os resfriadinhos!