Dia da Saúde Bucal: 7 cuidados para manter dentes e boca saudáveis

cuidados com a saúde bucal

O dia 25 de outubro marca o Dia Nacional da Saúde Bucal, uma data criada para chamar a atenção para importância dos cuidados com esta parte do corpo. Afinal, a saúde do dentes e de toda a região bucal vai muito além de um belo sorriso: a boca tem um papel importante na fala, na respiração e na mastigação.

Para contribuir com essa iniciativa, reunimos a seguir os principais cuidados que ajudam a manter dentes e boca saudáveis. Aproveitamos para lembrar também que o SUS – Sistema Único de Saúde oferece serviços gratuitos de tratamento dentário, basta buscar informações na unidade de saúde mais próxima de você. 😉

Continuar lendo

TRÊS HÁBITOS PARA UMA BOCA BEM CUIDADA

Nosso sorriso é precioso, e merece tanta dedicação e cuidado quanto damos ao restante do nosso corpo. Para isso, vale uma regrinha muito simples: boca e dentes bem cuidados é sinal de saúde! Com alguns hábitos básicos de higiene bucal, evitamos muitos problemas desagradáveis e até doenças. Cáries, gengivite, formação de tártaro e mau hálito são alguns deles, podendo até chegar à periodontite – quando a gengivite agrava e causa a perda dos dentes – e ao câncer de boca.

“Diversos estudos mostram que a falta de higiene da cavidade bucal está associada a problemas muito sérios de saúde sistêmica, como a endocardite bacteriana (uma infecção cardíaca) e outras complicações como diabetes e problemas pulmonares. Assim, cuidar dos dentes não é apenas uma questão de estética, e sim de saúde geral”, garante a cirurgiã-dentista Letícia Boos.

BOCA LIMPINHA!
Para Letícia, uma boa higiene bucal é aquela capaz de eliminar a placa bacteriana e restos alimentares presentes na cavidade oral, mantendo os dentes, gengivas e língua limpos e saudáveis.

Por isso, pegue o fio dental, a escova de cerdas macias, creme dental e mãos à obra!

1. Escove sem muita força
A escovação ideal deve ser por tempo suficiente para que todas as superfícies sejam limpas e fiquem livres de placa bacteriana. E não use de muita força! “Esse hábito pode causar um desgaste excessivo dos dentes e uma retração do tecido gengival, tendo como consequência a sensibilidade dentária, um problema muito comum e bastante desconfortável, às vezes de difícil tratamento”, afirma Letícia.

2. Fio dental sempre
Algumas pessoas com sangramento na gengiva culpam o fio dental. A verdade é que a gengivite ou a gengiva inflamada aparecem justamente pela falta de uso do fio. “Uma gengiva que sangra precisa do uso diário do fio para se tornar saudável novamente”, recomenda a profissional.

3. Língua também se escova
Bactérias e restos de alimento também se acumulam na superfície rugosa da língua, podendo influenciar no surgimento de problemas infecciosos e de mau hálito. Atenção para que nenhuma área da cavidade bucal seja esquecida!