A DOÇURA DO CHOCOLATE AMARGO

Derretido, em calda, em barra, em doces… O chocolate é uma daquelas delícias que pouca gente pode dizer que não gosta. O sabor inconfundível desse alimento tem fãs por todas as partes do mundo! Mas como todo o doce, ele exige também bastante moderação em seu consumo. A boa notícia é que quanto mais amargo (ou seja, com menos adição de açúcares e de outras gorduras provenientes do cacau, como a manteiga), mais o chocolate pode, sim, ser um grande aliado para uma vida mais saudável!

Meu coração é de chocolate!
O cacau (matéria-prima do chocolate) e o chocolate amargo têm sido objetos de uma grande variedade de estudos e pesquisas por conta de sua alta concentração de substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias. E muito dos benefícios já revelados estão ligados à saúde do coração!

Já se sabe que ele melhora o fluxo arterial, regula a pressão e fortalece o coração, protegendo-o do desgaste causado pelos radicais livres. E as pesquisas mostraram também que ele atua bem na redução do estresse e no controle do humor, dentre outras vantagens. Mas isso todas nós, amantes do chocolate, já sabíamos faz tempo…

Confira uma receita com chocolate que selecionamos para você curtir o lado doce da vida, aproveitando os benefícios dessa delícia na versão amarga!

shutterstock_209854915

Mousse de chocolate amargo

Ingredientes
600g de chocolate amargo
14 ovos
100g de açúcar
300g de manteiga
20 ml de essência de baunilha
1 colher (chá) de conhaque

Modo de preparo
Derreta o chocolate e a manteiga em banho-maria. Separe as gemas e peneire. Bata-as com o açúcar por cerca de 30 minutos ou até virar um creme branco. Acrescente, ao chocolate derretido, a baunilha e o conhaque. Aguarde o chocolate esfriar um pouco e acrescente as gemas batidas. Bata a clara com uma pitada de sal, em ponto de neve. Misture as claras com o chocolate e coloque para gelar por pelo menos uma hora.

Fonte: Receitas GNT

POR QUE NÃO COMEÇAR A CAMINHAR AGORA?

Uma caminhada leve de 30 minutos por dia é suficiente para manter a saúde em dia, sabia disso? Caminhar dá energia, ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, protege e estimula o condicionamento cardiorrespiratório e também trabalha a musculatura das pernas. Então por que não começar hoje mesmo? A caminhada é superdemocrática e pode ser praticada por todos!

PARA COMEÇAR
Conforme a educadora física Patrícia Bartz, os iniciantes devem ter cuidado e atenção principalmente com a intensidade do exercício.

“Comece sempre aos poucos, pois a prática de uma atividade física regular é uma mudança de hábito. Pode-se começar, por exemplo, substituindo-se a utilização de ônibus ou carro quando nos locomovermos a distâncias curtas”, ela indica.

Para quem não está habituado à caminhada, Patrícia também sugere começar com três vezes por semana, intercalando com um dia de descanso. “Inicie com distâncias pequenas, em torno de 20 a 30 minutos, em um ritmo tranquilo. Aos poucos, a intensidade e o volume podem ser incrementados e quem sabe podemos intercalar com pequenas corridas”.

Cinco motivos para começar a caminhar já:

1. Pressão controlada
Quando caminhamos, as válvulas do coração trabalham mais e a oxigenação do corpo aumenta. O fluxo de sangue cresce, os vasos sanguíneos se expandem e a pressão diminui. Estudos provam que 40 minutos de caminhada são capazes de reduzir a pressão arterial durante 24 horas após o término do exercício.

2. Pulmões mais limpos
Além de fortalecer nossos pulmões, caminhar com frequência ajuda com que eles renovem o ar que respiramos, eliminando com mais facilidade as impurezas do ar e até mesmo o catarro. A caminhada é uma grande aliada contra as doenças respiratórias.

3. Ajuda no controle da diabetes
Nosso corpo produz mais insulina quando caminhamos e as atividades do pâncreas e do fígado também são estimuladas devido à maior circulação de sangue em todos os órgãos.

4. Ossos mais fortes
Ao estimular os ossos com a caminhada, o corpo absorve melhor o cálcio e fica mais resistente.

5. Bem-estar e autoconhecimento
Durante a caminhada, nosso corpo libera uma quantidade maior de endorfina, hormônio responsável pela sensação de alegria. Caminhar também melhora o nosso humor e autoestima e nos ajuda a relaxar. “Também pode ser uma oportunidade para nos conhecermos mais, pois é um momento só nosso, dedicado à melhora da saúde geral. Podemos utilizá-lo para perceber nosso corpo, nossa respiração, a ativação dos músculos e as sensações geradas pelo exercício”, comenta a educadora física Patrícia Bartz.

De amiga para amiga
DICA: 
Um bom tênis e uma roupa confortável são fundamentais para quem faz da caminhada uma rotina. Fique atenta também ao consumo adequado de água e tenha uma alimentação balanceada para colher todos os benefícios desse exercício. E não se esqueça de alongar bem!