Cara lavada? Saiba como conquistar um look natural com a ajuda de uma paleta de sombras

Quem não adora aquele efeito de “acordei assim”, diva, conquistado com a ajudinha de uma make lindona, mas que dá a impressão de se estar de cara lavada? A maquiagem tendência desta estação é exatamente assim: tomada por um brilho natural, cheia de partículas douradas e cintilantes, mas sem deixar de ser discreta e perfeita para o dia.

Essa pegada naked está mega em alta e é superfácil de fazer. Quer aprender como? Se liga nas dicas do Penteadeira! Continuar lendo

COMO VIVER BEM COM DIABETES

A diabetes é uma doença crônica que afeta mais de 400 milhões de pessoas em todo o mundo segundo dados de 2016 da Organização Mundial da Saúde. No Brasil, 7,4% da população adulta sofre com a doença, conforme o Ministério da Saúde.

A elevação dos níveis de açúcar no sangue provocada pela doença é bastante perigosa, pois pode causar cegueira, insuficiência renal, obstrução de artérias, dificuldades de cicatrização e maior risco de doenças cardiovasculares.

Porém, a diabetes é completamente controlável com acompanhamento médico e a adoção de hábitos saudáveis. Veja algum deles.

1. ALIMENTAÇÃO

– É importante não pular as refeições, respeitando o café da manhã, almoço e jantar, além de dois lanches por dia. Isso mantém a glicemia do sangue estável e sem picos.

– Dar preferência a alimentos ricos em fibras como legumes, verduras e algumas frutas como a banana. São as fibras que ajudam a glicose a ser liberada mais devagar na circulação. Por isso, o diabético precisa comer diariamente pelo menos três porções de legumes e verduras como parte das refeições.

– O mesmo vale para o consumo de alimentos nas versões integrais. São ricos em fibras e ajudam no controle da glicemia.

Carboidratos complexos são digeridos e absorvidos lentamente pelo organismo, liberando a glicose em pequenas doses. Isso é benéfico para o diabético, que não terá picos de índice glicêmico quando ingerir esses nutrientes. Neste sentido, comer arroz, pão, batata e massa é melhor do que ingerir mel, xarope de milho e açúcares (doces).

– Ler o rótulo e verificar a tabela nutricional e a lista de ingredientes de qualquer alimento é superimportante para o diabético. Isso porque, assim, pode-se optar por produtos com menores quantidades de sódio, gordura e açúcares.

2. EXERCÍCIOS FÍSICOS

– O sobrepeso e a obesidade influenciam diretamente na produção de insulina do corpo. Por isso, controlar o peso é fundamental para o diabético. Os especialistas recomendam a prática de pelo menos 30 minutos diários de atividades físicas. Pode ser uma corrida, andar de bicicleta, ou o que for mais prazeroso para a pessoa.

– Antes de iniciar o exercício escolhido e ao final da atividade física é preciso fazer a medição da glicemia de acordo com as indicações do médico.

– Carregar uma balinha no bolso da roupa ajuda em caso de hipoglicemia após o exercício físico. 😉

3. CUIDADOS PESSOAIS

– Fazer a higiene bucal após cada refeição é fundamental. Isso porque o sangue com alta concentração de glicose é mais propício ao desenvolvimento de bactérias. Ir ao dentista uma vez a cada seis meses também é recomendado.

Check-up com o oftalmologista é indicado uma vez ao ano para descartar problemas de visão. Afinal, pessoas com diabetes têm maior fragilidade nas córneas e maior predisposição à catarata.

– É muito importe fazer as avaliações necessárias relacionadas à doença com periodicidade. Por isso, não dá para pular a visita ao médico.

– Por último, prestar atenção a qualquer lesão no corpo deve virar rotina, dando atenção especial aos pés e aos joelhos. Como a doença afeta a microcirculação, deve-se estar sempre atento à saúde dos membros inferiores. Evitar saunas e escalda-pés também é recomendado por esse motivo.

APRENDA A FAZER: DEPILAÇÃO EM CASA

Fazer a própria depilação em casa é uma ótima maneira de economizar e manter os cuidados de beleza em dia. Com um pouco de prática e atenção ao passo-a-passo correto, não tem erro. Dá até para fazer a remoção dos pelos com cera quente quase como uma profissional. Confira as nossas dicas.

Leia Mais:
CONHEÇA 5 VANTAGENS DA DEPILAÇÃO COM CERA QUENTE

1. Preparando a pele
Antes de se depilar, é muito importante que a pele esteja limpinha e sem resíduos de cremes ou óleos corporais. Tome um banho morno antes de começar, pois a água aquecida também ajudará a abrir os poros.

Uma esfoliação na área a ser depilada é indicada até 3 dias antes do procedimento para evitar que os pelos encravem e para não irritar a pele.

2. Puxe no sentido correto
Lembre-se sempre de passar a cera no sentido de crescimento dos pelos e de puxar no sentido contrário. Isso facilita a remoção dos pelos e diminui a dor. Para não machucar a pele, faça o movimento rápido e com firmeza.

Outra dica é começar a depilação de fora para dentro e de cima para baixo no caso da remoção de pelos na região íntima e virilha.

3. Pequenas áreas por vez
É importante depilar pequenas áreas de cada vez, pois se algo der errado e a cera ficar grudada, dá para removê-la com mais facilidade.

4. Finalize com uma pinça
Os pelos que não saírem devem ser removidos com uma pinça, pois aplicar cera vaaárias vezes no mesmo local pode irritar a pele ou causar lesões.

5. Cuidados pós-depilação
Passar um creme calmante, óleos ou cremes hidratantes ajudam a acalmar a pele e a conter a vermelhidão. Evite apenas produtos muito perfumados para não causar irritação. Procure também não tomar sol ou nadar por pelo menos 24 horas após a depilação para não provocar manchas na cútis. Usar protetor solar é uma boa forma de preveni-las também.

APRENDA A FAZER: ESFOLIAÇÃO CASEIRA

Este mês você já aprendeu aqui no Penteadeira alguns exercícios físicos para malhar em casa e como fazer as próprias unhas. Agora, damos algumas dicas para que a sua esfoliação caseira seja um sucesso e não agrida a sua pele. Vamos lá?

Por que esfoliar?
A esfoliação elimina as células mortas, deixando a pele macia e viçosa. Ela ainda ativa a circulação, ajuda a eliminar manchas e escamações, e facilita a hidratação. Por isso, o indicado é esfoliar a pele do corpo uma vez a cada 15 dias, e do rosto semanalmente. Mas lembre-se, cuidado redobrado com a face, usando apenas produtos específicos para essa finalidade. Já no corpo é possível apostar em receitinhas caseiras muito fáceis de fazer em casa.

De amiga para amiga
Certifique-se de estar com a pele limpa antes de iniciar a esfoliação. Isso vai ajudar, e muito, no processo de renovação celular da cútis. 😉

 

Como fazer?
Escolha um ingrediente abrasivo como o açúcar cristal ou o mascavo, e misture com um ingrediente emoliente como o seu hidratante de uso diário, óleo vegetal, ou ainda frutas como mamão ou abacate. Para peles mais sensíveis, o procedimento pode ser feito apenas com mel e flocos de aveia.

Passe a mistura no corpo fazendo movimentos circulares e suaves. Nunca force demais para não lesionar a pele. Após realizar o processo, enxague o corpo em abundância em um banho relaxante.

Pronto. É ou não é muito fácil de fazer? Apenas tome cuidado para não sensibilizar a pele com muito esfrega-esfrega. E a qualquer sinal de irritação ou alergia, suspenda imediatamente o uso da sua misturinha esfoliante. Na dúvida, consulte sempre o seu dermatologista. 😉

APRENDA A FAZER: EXERCÍCIOS EM CASA

Nossa segunda dica da série de coisas que você pode fazer por conta própria para economizar um pouco no fim de ano é praticar exercícios em casa.

Seja na sala, no quarto, com a ajuda de aplicativo para celular ou só com uma musiquinha de fundo, é possível fazer vários tipos de movimentos supersimples. Mas lembre-se: se sentir algum desconforto, não faça o exercício para não prejudicar a sua saúde e consulte antes um médico.


1. Abdominal

Deitada no chão, coloque as mãos sob os glúteos e mantenha as pernas elevadas e unidas. Contraia o abdômen e desça as pernas bem devagar sem tirar a região lombar do chão (um colchonete pode amaciar o exercício 😉 ). Depois, suba as pernas até a posição inicial. Repita o movimento de 10 a 15 vezes em duas ou três séries, descansando um pouco no intervalo.

2
2. Prancha
Apoie todo o antebraço no chão e mantenha a posição de prancha de 10 a 15 segundos. Não se esqueça de respirar durante a execução do movimento. Este é um exercício para o corpo todo, mas dá ênfase na musculatura da parte superior e na barriga. Faça um intervalo de 30 a 45 segundo entre as séries.

3
3. Quatro apoios
Para malhar as coxas e os glúteos, apoie seus joelhos e cotovelos no chão ou em um colchonete. Os cotovelos devem ficar alinhados com os ombros e os quadris. Levante uma das pernas sem esticá-la, e faça movimentos de subida e descida. Para você proteger a coluna e não sofrer lesões, lembre-se de que a força para levantar a perna deve vir dos quadris. Faça duas séries com 15 repetições.

4
4. Panturrilha
Pare na frente de uma parede e apoie as mãos para não perder o equilíbrio. Erga o corpo, ficando nas pontinha dos pés, e depois desça movimentando os calcanhares. Faça três séries com 10 repetições cada.

5
5. Pular corda (aeróbico)
Uma opção à bicicleta e à esteira é a boa e velha corda que, além e ser uma atividade aeróbia fácil de fazer em casa, é um movimento muito bom para treinar a coordenação. E você não precisa de muito espaço para praticar. O importante durante os saltos é manter o abdômen contraído e os braços firmes para amortecer a queda. Os iniciantes podem começar a pular corda durante 15 minutos em dias alternados.

Imagens: Pinterest.

APRENDA A FAZER: MÃOS E PÉS EM CASA

Pintar o cabelo, fazer depilação, unhas e sobrancelha sempre no salão pode acabar ficando pesado para o orçamento. E muitas dessas práticas são totalmente possíveis de serem feitas em casa com um pouquinho de habilidade. Por isso, ao longo do mês de novembro, daremos uma série de dicas para você se virar sozinha e aprender como fazer diversas atividades por conta própria.

A primeira delas é como fazer as unhas e os pés em casa. Olha só.

Monte o seu kit
Assegure-se de que você tem tudo o que precisa em casa para fazer a sua manicure e pedicure com perfeição. Além de esmaltes, removedor ou acetona, palitinho e algodão, você vai precisar também de um alicate com bom corte, mas não tão afiado que possa lhe machucar. Inclua no kit lixas, cortador de unhas ou tesourinha, uma espátula para afastar as cutículas, um creme amolecedor ou hidratante, e um óleo secante.

Cuide de suas unhas antes de pintá-las
Retire todo o esmalte antigo das unhas e lixe um pouco antes de começar. Se quiser diminuir o tamanho delas, corte antes de lixar para não escamar as unhas nem agredi-las.

Trate as cutículas com carinho
O próximo cuidado é passar um creme emoliente nas cutículas e massageá-las bem. Molhe os dedos com água morna. Empurre a cutícula com a ajuda de uma espátula e remova com alicate apenas o que levantar. Vá devagar e não cutuque muito para não se ferir.

Basta passar o esmalte duas vezes
Camadas grossas fazem com que o esmalte descame mais depressa. Para ele durar mais, o segredo é passar duas camadas finas. Isso é mais do que suficiente para que a cor fique uniforme e você obtenha um acabamento de salão.

Tirando o excesso de esmalte com palitinho
Comece limpando as unhas de baixo para cima. Após envolver o palito em uma camada fina de algodão e umedecê-lo no removedor de esmalte, inicie passando pela área próxima das cutículas. Assim, a quantidade de algodão e removedor será suficiente para limpar os cantinhos de toda a unha.

Proteja na secagem
Top-coat, óleo secante e spray são os melhores amigos para garantir que as suas unhas não estraguem na secagem. O horário da manicure e pedicure também é importante. Se você fizer as unhas próximo à hora de dormir, corre o risco de amassá-las e arruinar todo o trabalho.

Mãos (e pés) à obra!

MAQUIAGEM DE HALLOWEEN: O PASSO-A-PASSO PARA TRÊS LOOKS DE ARRASAR

Apesar do Halloween não ser uma tradição brasileira, ele tem se tornado cada vez mais presente por aqui. Afinal, a festa de Dia das Bruxas é superdivertida e permite diferentes fantasias. Que tal se produzir toda e arrasar com uma maquiagem de babar?

Para entrar na brincadeira, não é preciso gastar horrores não. Aposte em uma make de impacto e a festa está feita! Selecionamos três ideias para você escolher. Confira.

 1. Caveira Mexicana

Flores na cabeça e bastante personalidade para essa fantasia mega ousada. A caveira mexicana já virou um clássico feminino de Halloween. Inspirado na tradição do Dia dos Mortos, data celebrada com muita festa no México, esse look requer um bom lápis de olho e uma sombra preta bem pigmentada. O truque é escurecer ao máximo o redor dos olhos, indo até a altura da sobrancelha. Para isso, demarque a área com o lápis e esfume bem a sombra. Um primer ou fixador de maquiagem é muito bem-vindo para segurar a fantasia a noite toda.

Não se esqueça de escurecer bem a ponta do nariz para a sua caveirinha ficar profissional. Finalize simulando uma boca costurada, traçando com o lápis uma linha na continuação da boca e fazendo pequenos riscos.

O pulo do gato:
Se você não quer usar um pancake branco para empalidecer a face, uma dica é fazer um contorno supermarcado abaixo das maçãs do rosto. Você pode fazer isso esfumando sombra preta na área ao invés de utilizar seu pó compacto ou bronzer tradicional

2. Sereia

Sereias estão super em alta. Basta apostar em enfeites de conchinha, cabelo no estilo beach hair (que você já aprendeu a fazer aqui) e em uma maquiagem diva.

Para a make, você vai precisar de poucos itens. Uma sombra metalizada em tom de azul ou verde fará boa parte do trabalho. Já o lilás e o perolado são duas outras cores lindas e muito úteis para ajudar a conquistar o efeito marinho desse look. Finalize com um batom forte em tons próximos aos usados no restante da make e você se transformará em uma sereia de impacto!

Imagem: Pinterest.

O pulo do gato:
Para fazer a textura de escamas na pele, o truque não poderia ser mais simples! Pegue uma meia do tipo arrastão, ou qualquer outro tecido em forma de redinha, e aplique as sombras sobre elas com a ajuda de um pincel fofinho. Os melhores locais para aplicar a técnica são na testa e na maçã do rosto.

 

Para quem não quer fazer as escamas, outra dica é aplicar strass na pele com o auxílio de cola para cílios postiços. O efeito é lindoooo.

3. Gatinha

Esta é a fantasia mais fácil das três. Ideal para quem não quer passar trabalho, mas procura um look divertido e versátil. Para fazer a gatinha, tudo o que você precisa é um bom lápis preto e um delineador.

O pulo da gata (literalmente):
Pinte o nariz de preto como na make da caveira. A diferença é que para o focinho da gata, a área a ser preenchida é mais na ponta e na base do nariz. Faça leves pintinhas acima da boca e os risquinhos do bigode avançando para as laterais do rosto. Blush e iluminador estão liberados para um efeito superelegante.

Para os olhos, escolha o tipo de delineado que você mais gosta e aposte nele! Se quiser, marque bem as sobrancelhas para um look de mais impacto. Na boca, você pode escurecer os lábios superiores com lápis ou batom preto, ou apenas usar seu batom preferido!

Miau!


 produtos-halloween-blog-farmacias-associadas

1. Sombra Quarteto Nº3 Revitart Make Up | 2. Sombra Quarteto Nº4 Revitart Make Up | 3. Paleta de Sombras 12 Cores Revitart Make Up | 4. Batom Cremoso Revitart Make Up Lyra | 5. Batom Líquido Matte Revitart Make Up Funk | 6. Batom Líquido Matte Revitart Make Up Maxixe | À venda na Farmácias Associadas.

SEU CORPO DÁ RECADOS SOBRE A SUA SAÚDE. ESCUTE

Você escuta os recados que o seu corpo dá? Aquele cansaço, por exemplo, que insiste em não sumir. Aquela dor de cabeça recorrente… E a falta de ar ao subir escadas? Já pensou no que esses sinais querem dizer?

Cuidar da saúde é também prestar atenção àquilo que é manifestado pelo nosso corpinho. Na maioria das vezes, ele está apenas pedindo para você adotar hábitos mais saudáveis, como se alimentar melhor e praticar atividades físicas. Quem sabe não está na hora de escutá-lo?
Confira alguns recadinhos do corpo fáceis de perceber, e saiba como atendê-los.

1. Seu peso aumentou repentinamente
Será que você não anda descontando na comida? Perceba se não há algo que está lhe deixando ansiosa, e que acabou refletindo nos seus hábitos alimentares. Se nada de diferente aconteceu, pode ser hora de conferir se está tudo certo com os seus hormônios, e aí é importante consultar um médico.

2. Surgiram pintinhas na pele
Tá na hora de visitar o dermatologista. Sinais na pele podem ser algo mais sério. E, principalmente, quem tem a pele muito clara deve sempre protegê-la do sol. Faça check-ups regularmente se você é daquelas pessoas cheias de sinais e se aparecerem novas marquinhas. Ah, e não se esqueça do protetor solar!

3. Faltou fôlego para uma tarefa simples
Normalmente, conforme os médicos explicam, as pessoas que não praticam atividades físicas costumam se queixar com frequência de falta de fôlego para fazer tarefas simples do dia a dia, como subir escadas. Isso acontece porque quando não exercitamos o corpo, não estimulamos sistemas como o pulmonar e o cardíaco, e, portanto não os desenvolvemos para que forneçam mais oxigênio para os músculos, que por sua vez geram força, potência e resistência para as atividades rotineiras. Assim, se o seu preparo físico não andar lá essas coisas, adicione mais exercícios à sua rotina. Por que não substituir uma parte do trajeto diário que você faz de carro ou ônibus por caminhadas a pé? Levar o pet para passear também é uma bela opção. E claro… deixe o elevador de lado um pouquinho e aposte em alguns lances de escada. Agora, se você passou a ter falta de ar sem motivo aparente, é bom investigar! Não descuide da sua saúde.

4. Você anda sem energia
Algumas doenças como anemia, diabetes e hipotireoidismo podem causar um cansaço além do normal. Se você desconfia de que algo está errado, não hesite em procurar um médico. Entretanto, alguns hábitos saudáveis ajudam qualquer pessoa a conquistar mais energia para as tarefas diárias. Dormir bem, e na quantidade de horas adequada para o seu organismo, é uma delas. Ter uma alimentação balanceada, comendo frutas, grãos e verduras dos mais variados tipos, também é superimportante. E não dá pra se esquecer dos exercícios físicos, né, superindicados para quem procurar ter mais disposição na vida! Faça pequenos ajustes nos seus hábitos e mande o cansaço para o espaço!

TRÊS POSIÇÕES DE IOGA PARA ALIVAR AS DORES NAS COSTAS

Quem sofre com as temidas dores nas costas sabe que o problema é bem desagradável. E mais, a doença está no topo do ranking daquelas que mais afastam as pessoas do trabalho, segundo os dados da Previdência Social divulgados em julho deste ano. Só no primeiro trimestre de 2016, foram mais de 24 mil afastamentos por causa da danada.

A saída, segundo especialistas, está muitas vezes na prática de exercícios físicos para fortalecer a musculatura local, além de corrigir erros de postura que podem levar ao problema.

Uma atividade física muito recomendada a todas as faixas etárias, e que ajuda a aliviar as dores nas costas, é a ioga. Ela contribui para a elasticidade dos músculos, a amplitude dos movimentos e a oxigenação de todo o corpo.

A ioga, para quem vai iniciar e pretende atingir fases mais avançadas, deve ser praticada com orientação de profissionais. Porém, para você conhecer os benefícios que ela traz para as costas, nós separamos três posições mega simples, que podem ser executadas no conforto da sua casa. Que tal tentar?

Também é bom lembrar que exercícios (de qualquer espécie), quando feitos por conta própria, exigem cautela. Respeite os limites do seu corpo e vamos lá!

1. Deite sobre as pernas (Posição da criança)
Sentada em cima dos calcanhares, abaixe o corpo em direção ao chão, esticando os braços ao longo do corpo, de forma a alongar as costas. Mantenha a posição durante 15 segundos, respirando sempre.

 

2. Tombe o tronco para frente (Padahastasana)
Em pé, deixe pernas unidas e tombe lentamente o tronco em direção ao solo. Não force; vá apenas até onde conseguir. Deixe os braços livres, pesando em direção ao chão. O peso do corpo deve se concentrar na região da frente dos pés, e não nos calcanhares. Concentre-se em respirar profundamente. Assim, você protege os seus joelhos. Para retornar, flexione levemente os joelhos e desenrole o tronco lentamente.

 

3. Abrace as pernas (Apanasana)
Deitada no chão, traga as pernas dobradas contra o peito, e entrelace os braços por fora dos joelhos. Mantenha a cabeça e a coluna vertebral em contato com o solo. Relaxe os pés e respire.

*Crédito das imagens: iStock e Pinterest

QUER APRENDER A MEDITAR? SAIBA COMO COMEÇAR JÁ

Parar uns minutinhos para acalmar a mente e liberá-la de tantos pensamentos que nos sobrecarregam ao longo do dia pode ser mais simples do que você imagina. E também gera muitos benefícios, como conquistar mais foco, relaxamento, calma e bem-estar, domar a ansiedade e a raiva, dormir de forma mais tranquila, e por aí vai…

O princípio da meditação é justamente esse: deixar os pensamentos surgirem sem que você se fixe neles. Assim, você pode se conectar apenas com o momento presente. 🙂

E existem várias técnicas para conseguir isso. Você pode se concentrar somente na sua respiração, pode voltar a atenção para algum som como um mantra (sabe o famoso oúnnnn?!), pode visualizar alguma forma geométrica, pode focar-se na chama de uma vela… São muitas as opções. O importante é deixar os pensamentos sumirem do mesmo modo como eles aparecem, sem se envolver com eles.

Claro que no inicio a tentação de viajar nos pensamentos é grande. Mas nada que não possa ser treinado e melhorado ao longo do tempo. E olha, vale a pena fazer esse esforcinho, hein. 🙂

Para facilitar a sua vida e eliminar as desculpas para você começar a meditar, separamos algumas dicas que vão fazer a sua prática ser muito mais prazerosa.
Vamos lá?

1. Escolha um local tranquilo
Dá pra meditar em qualquer lugar, até na fila do banco. 😛 Mas para quem está começando, um local tranquilo facilita bastante a prática. Busque um espaço livre de interferências sonoras.

2. Encontre uma posição confortável
A posição do corpo é bem importante. Manter a coluna ereta diminuiu a chance de você cair no sono (sim, isso pode acontecer!). Por isso, o ideal é sentar-se em uma cadeira confortável e com encosto, tocando os pés no chão. Se você preferir se sentar no próprio chão, considere apoiar as costas na parede até pegar o jeito.

3. Faça no horário que for mais conveniente para você
O importante aqui é criar o hábito. Pode ser ao acordar, ao chegar em casa, antes de dormir… não importa.

4. Faça no seu tempo
Comece devagar. Com dois minutinhos já dá pra sentir uma bela diferença no bem-estar. Ative o timer do celular para não ficar ansiosa para terminar logo. Ele vai lhe avisar quando o exercício acabar. E vá aumentando o tempo conforme for adquirindo mais prática.

5. E saiba que as dificuldades aparecerão… e isso é normal!
Nossa mente trabalha à revelia da nossa vontade, isso é fato. Logo, não temos controle sobre os nossos pensamentos. O segredo está, de novo, na base da meditação: deixar os pensamentos fluírem, aparecendo e desaparecendo sem que dediquemos atenção a eles. Não se cobre tanto. Se você se distrair, apenas volte a atenção novamente para a prática.