10 MOTIVOS PARA AMAR A PRIMAVERA

Seja bem-vinda, primavera! A estação das flores e do amor começa na quinta-feira, dia 22, e já está enchendo o nosso coração de alegria. É tempo de curtir o ar livre, de usar roupas mais leves, de aproveitar bem o dia… São tanto os motivos para comemorar a chegada da nova estação que a gente listou dez deles para te convencer que a primavera é puro amor. Veja só.

1. Acabou o inverno…

Acabou inverno...

2. … e começou a estação mais colorida e florida do ano.

... e começou a estação mais colorida e florida do ano.

3. Os dias ficam mais longos.

Os dias ficam mais longos.

4. As temperaturas ficam mais amenas.

As temperaturas ficam mais amenas.

5. As roupas coloridas e estampadas entram em alta.

Roupas coloridas e estampadas entram em alta.

6. E já dá para apostar em acessórios temáticos.

E já dá para apostar em acessórios temáticos.

7. Muitos seriados começam novas temporadas.

Muitos seriados começam novas temporadas.

8. Vários feriados acontecem no 2º semestre também.

Vários feriados no 2º semestre, apenas.

9. Até já dá mais animo para sair pra balada na primavera, não é?

Já dá mais ânimo para sair pra balada.

10. E ainda dizem que a estação inspira o amor.

E ainda dizem que a estação inspira o amor.

Nós, do Penteadeira, amamos a primavera. E você?

primavera

Gifs: Reprodução/Internet

O QUE CONSIDERAR ANTES DE JUNTAR AS ESCOVAS DE DENTE

Decidir se chegou a hora de ir morar junto com o seu amor é uma decisão mega importante. Mas mesmo que o casal se dê super bem, é normal ter dúvidas. Estamos realmente prontos? O relacionamento vai continuar o mesmo de antes? Por isso, vale a pena considerar algumas questões antes de dar o passo tão esperado.

Se esse é o grande dilema da sua vida no momento, estamos aqui para te ajudar. Se liga em quatro coisas fundamentais para pensar antes decidir juntar as escovas de dente. 😉

1. TEMPO DA RELAÇÃO
Vocês podem estar juntos há muitos anos ou por apenas alguns meses. Não existe uma regra sobre qual é o momento certo para ir morar junto. O que conta mesmo é saber se vocês se conhecem o suficiente e ter a certeza de que é o que os dois desejam. Brigas vão acontecer, mas é preciso estar com o coração aberto para entender as manias e o jeitinho do seu amor, e manter a conversa aberta sobre todos os problemas que irão surgir.

2. FINANÇAS
Se os dois gastam com aluguel, mas passam mais tempo juntos em uma das casas do que separados, começar a pensar em dividir as escovas de dentes acaba sendo uma consequência natural. E se moram com os pais e não vêem a hora de ficar mais na companhia um do outro, é indispensável saber se vocês podem bancar a empreitada. Conseguem falar abertamente sobre dinheiro? A divisão das contas já acontece numa boa? Se a resposta foi sim, esse é um bom indicativo de que terão mais facilidade para lidar com a questão financeira.

3. DIVISÃO DOMÉSTICA
Manter uma casa em ordem dá trabalho. Por isso, antes de ir morar juntos é legal conversar sobre a importância de dividir todas as tarefas domésticas: limpar a casa, lavar as roupas, fazer compras no supermercado, cozinhar… Cada um pode ficar responsável por uma tarefa ou montar uma escalinha com as atividades da semana.

4. TEMPO JUNTOS X TEMPO SOZINHA
Quando a gente decide juntar as escovas de dente, é normal querer aproveitar todas as horas com o nosso amor. Mas é preciso aprender a balancear o tempo livre, pois é fundamental dar atenção ao outro, mas é importante ainda não se esquecer de manter os próprios hobbies e atividades. E isso vale para os dois! Cuidar um pouco da nossa individualidade é essencial também para que os momentos a dois sejam ainda mais especiais. 🙂

E aí, ajudamos?

Lembre-se de que o que importa mesmo é não deixar faltar amor e compreensão no novo lar, afinal, o amor não tem contraindicações.

MÃES, ESPELHOS DOS FILHOS

Os filhotes são mestres em copiar as atitudes dos adultos! Todos os dias, as mamães percebem isso nas menores coisas. No caso das meninas, querer testar a maquiagem e as roupas das mães são só alguma delas. A verdade é que os exemplos que transmitimos impactam profundamente as crianças. Eles adquirem nossos hábitos, mas, acima de tudo, também herdam diversas de nossas características emocionais.

No livro Pais admiráveis educam pelo exemplo, a pedagoga Cris Poli defende que as crianças, desde muito pequenas, observam e se espelham nas atitudes e no comportamento dos pais, muito mais do que no que é dito ou nas broncas. Por isso, o exemplo pessoal é tão importante!

Assim, capriche nessas atitudes:

1. Amor e carinho
Beijar e abraças os filhotes é bom de mais. E receber o carinho especial das mães também! Mas o amor ainda está em passar um tempo de qualidade com os filhos, brincar, doar-se e prestar atenção naquilo que os fazem se sentirem amados. “É semelhante ao que ocorre quando se aprende a falar: o bebê ouve tanto quem está ao seu redor, que acaba assimilando naturalmente como se fala. De tanto viver imerso num ambiente amoroso, a criança cresce tendo o amor como parte natural de si”, explica Cris Poli em seu livro.

2. Alegria
Para Cris, é importante transmitir aos filhos que a alegria não é um simples estado circunstancial, e não depende de bens materiais. Devemos, sim, inspirá-los mostrando que a alegria acontece quando se é grato pelas conquistas e pelos bons momentos.

MÃES, ESPELHOS DOS FILHOS

3. Diálogo
Uma mãezona de atitude, que se posiciona com caráter e flexibilidade deixando de lado a intransigência, mostra para o filho que o diálogo é sempre a saída mais inteligente. Afinal, às vezes temos que abrir mão das nossas vontades e entrar em um acordo, não é mesmo?