Cartilha da amamentação: esclareça dúvidas sobre aleitamento materno

Cartilha da Amamentação

Celebrada todos os anos entre os dias 1º e 7 de agosto, a Semana Mundial da Amamentação é uma campanha que incentiva o aleitamento materno e a criação de bancos de leite, promovendo a qualidade de vida de bebês e mamães de todo o mundo.

A data é também uma oportunidade para esclarecer dúvidas e afastar alguns mitos que cercam a amamentação. Nesse sentido, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano disponibiliza gratuitamente para download a Cartilha da Amamentação.

Confira a seguir as respostas para algumas das dúvidas mais frequentes sobre aleitamento materno, a importância da doação de leite e como os BLH – Bancos de Leite Humano  podem auxiliar as mamães que não podem amamentar ou que encontram dificuldades no procedimento.

Continuar lendo

Volta às aulas: como combater piolhos com um método natural e eficaz

como combater piolhos

Não é por acaso que o período de volta às aulas, quando a criançada retoma o convívio intenso, também costuma ser a época em que o piolho ataca com tudo.

É que a proliferação da pediculose, como é chamada a infestação de piolhos, se dá através do contato direto entre as pessoas e pelo uso compartilhado de objetos como bonés, pentes e outros acessórios de cabelo. Ou seja, piolho não tem nada a ver com falta de higiene. Muito pelo contrário, esse bichinho pra lá de incomodativo gosta mesmo é de cabelo limpo.

Por isso, se você está preparando os seus filhotes para o retorno à escola, é hora de saber mais sobre o ciclo do piolho e sobre o uso do pente fino, um método natural e eficaz de prevenir e acabar de vez com o problema. Continuar lendo

Férias das crianças: 5 dicas que facilitam a rotina dos pais

férias das crianças - dicas para os pais

Enquanto as férias escolares representam a época mais esperada pela maioria das crianças, para os adultos o período de recesso pode ser motivo de preocupação.

Isso porque, além das férias dos pais que trabalham fora serem bem mais reduzidas do que as escolares, nem sempre as datas coincidem. Por outro lado, para quem trabalha em casa, ter os pequenos por perto o dia todo é algo que também requer jogo de cintura.

Por isso selecionamos algumas dicas para facilitar a rotina dos adultos sem esquecer, é claro, de garantir a diversão das crianças durante as férias escolares. Continuar lendo

SAIBA COMO ADMINISTRAR REMÉDIOS COM SEGURANÇA NAS CRIANÇAS

Dá dó ver os pequenos doentinhos, não é mesmo? Além de todo o amor e carinho que podemos dar nesse momento, administrar o medicamento com segurança é superimportante para que eles recuperem rapidinho a saúde. Pensando nisso, a Farmácias Associadas e o laboratório Eurofarma criaram a cartilha Medicamento não é brinquedo para tornar a hora do remédio mais segura pros seus filhotes.

A cartilha pode ser encontrada em todas as lojas da Farmácias Associadas durante o mês de outubro. Veja as dicas:

1. MEDICAMENTO NÃO É DOCE, NEM COMIDA
Nunca diga a crianças que medicamento é doce, que faz crescer ou ficar forte. Isso pode induzir a criança a querer usar medicamentos e, com isso, ocasionar acidentes e intoxicações. Não brigue com a criança que se recusa a tomar um medicamento por seu gosto amargo. Insista com carinho e parabenize-a depois de tomar, comemorando o belo trabalho em equipe de vocês.

2. SOMENTE DÊ MEDICAMENTOS LÍQUIDOS SE O BEBÊ ESTIVER NO COLO
Sempre dê medicamentos líquidos para bebês no colo para evitar afogamentos. Nunca coloque medicamentos na mamadeira, pois estes podem perder seu efeito por causa do leite, sucos e refrigerantes e porque o medicamento pode ficar aderido na mamadeira. As crianças podem aprender a engolir comprimidos a partir dos 5 anos, mas, geralmente, irão dominar a técnica quando estiverem com 7 ou 8 anos. Por isso, os medicamentos para crianças em sua maioria são formas líquidas.

3. SEMPRE QUE DER MEDICAMENTO TEM QUE USAR COPINHO, COLHER OU SERINGA PARA SABER A DOSE CERTA
Ao administrar medicamentos em crianças, sempre use colheres, copos e seringas medidoras para assegurar a dosagem correta e segura. A utilização da dosagem e a duração do tratamento com medicamentos só podem ser usados de acordo com a receita. Em caso de dúvidas, consulte o farmacêutico na Farmácias Associadas mais próxima.

4. COLOQUE NOME NOS MEDICAMENTOS DA CRIANÇA E DOS IRMÃOS PARA NÃO SE CONFUNDIR
Caso tenha mais de um filho em tratamento, coloque nomes nos rótulos dos medicamentos para evitar erros. Sempre suga corretamente a dosagem da receita. Em caso de dúvidas, consulte o farmacêutico na Farmácias Associadas mais próxima.

5. NÃO SE ESQUEÇA DE VER A DATA DE VENCIMENTO DOS MEDICAMENTOS
Antes de dar medicamento para as crianças, verifique sempre sua validade.

6. MEDICAMENTO NÃO É BRINQUEDO. SÓ ADULTO PODE TOCAR
Os medicamentos devem ficar trancados, fora do alcance das crianças, em local seco, fresco e ao abrigo da luz. Cerca de 60% das intoxicações por medicamentos ocorrem na faixa etária entre 0 e 12 anos. Em caso de dúvidas, consulte o farmacêutico na Farmácias Associadas mais próxima.

7. MEDICAMENTO DE ADULTO É SÓ PARA ADULTO. NUNCA PARA CRIANÇA
Nunca dê medicamentos de adultos para crianças. Mesmo que seja a metade da dose, não há garantia de que seja segura. Eles não são adultos pequenos. Não utilize medicamentos indicados por outras pessoas em crianças. A utilização, a dosagem e a duração do tratamento variam de pessoa para pessoa e estão descritos na receita. A medicação inadequada pode causar danos à saúde da criança. Em caso de dúvidas, consulte o farmacêutico na Farmácias Associadas mais próxima.

8. FALE COM O FARMACEUTICO PARA SABER A DOSAGEM CERTA DO MEDICAMENTO
Sempre siga as orientações de dosagem e a maneira correta de administrar o medicamento que constam na receita. Em caso de dúvidas, consulte o farmacêutico na Farmácias Associadas mais próxima.

9. MAMÃE, SE ESTIVER AMAMENTANDO, SÓ PODE USAR MEDICAMENTOS COM ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO
Se estiver amamentando, não faça uso de medicamentos ou chás sem orientação farmacêutica, pois pode ser prejudicial ao seu bebê.

10. PEÇA PARA O FARMACÊUTICO COLOCAR ETIQUETAS COM OS HORÁRIOS DOS MEDICAMENTOS E O TEMPO DO TRATAMENTO
A administração de medicamentos, inclusive antibióticos, na hora certa, é indispensável para a cura. Siga o tratamento corretamente e não o interrompa antes do prazo, pois isso pode contribuir para o aparecimento de resistência bacteriana (quando o antibiótico não faz mais efeito). Ao terminar o tratamento com o antibiótico líquido, não guarde sobras. Deposite-as em locais especiais de coleta de medicamentos e nunca no lixo comum, ralos ou vaso sanitário, para não poluir o meio ambiente e causar danos à saúde.

*Informações da cartilha Medicamento não é brinquedo, da Farmácias Associadas e laboratório Eurofarma.

5 COISAS QUE TODA MÃE DE PRIMEIRA VIAGEM PRECISA SABER

O Dia das Mães (que vem chegando aí) é sempre uma data muito especial. Ainda mais para aquelas mamães que vivem a chegada do primeiro bebê! Mas em meio a uma nova rotina repleta de alegrias e novidades, as mães de primeira viagem também vivenciam alguns bons desafios.
Se esse é o seu caso, fique esperta na lista do Penteadeira e conheça cinco coisas que toda a nova mãe precisa saber, mas que nem todo mundo comenta.

Leia Mais:
– QUATRO CUIDADOS DAS MAMÃES COM A PELE DO BEBÊ
– MÃES, ESPELHOS DOS FILHOS

1. COCHILOS A QUALQUER HORA SÃO SEMPRE BEM-VINDOS
A rotina do bebê alterna mamadas, trocas de fralda, banho, e, claro, muito soninho. Por isso, a mamãe de primeira viagem precisa aprender a aproveitar os momentos em que o(a) pequenino(a) está dormindo e descansar também. Assim, fica mais fácil acompanhar o ritmo do bebê e recuperar as energias.

2. VOCÊ LEVARÁ ALGUNS MESES PARA VOLTAR AO SEU PESO NORMAL
Seu corpo precisará de tempo para retornar ao peso regular. Por isso, não tenha pressa nem se desespere. Uma dieta equilibrada tem um papel importante nessa retomada e também na nutrição do filhote, que estará se alimentando do leite materno. Exercícios físicos serão liberados pelo obstetra no tempo certo, e levar o pimpolho para tomar um solzinho também ajuda a mamãe a se movimentar um pouco.

3. BEBÊS SENTEM TANTO CALOR QUANTO FRIO
O bom senso é sempre o melhor conselheiro na hora de agasalhar os pequenos. Em dias quentes, roupinhas leves e frescas são as ideais. Resista à tentação de deixar o filhote todo “empacotado” independentemente do clima. 🙂

4. TER DÚVIDAS É NORMAL
Trocar ideias com outros pais e anotar as dicas de quem já passou pela maternidade é sempre válido. Isso pode ajudar a superar algumas inseguranças que aparecem nessa fase. Mas não se esqueça de confiar também no seu instinto materno. Ele é poderoso. ❤

5. ACEITE AJUDA
Quase nunca é possível assumir sozinha todos os cuidados com o bebê, ainda mais com as tantas outras tarefas do dia a dia. Não hesite em aceitar uma ajudinha de quem você confia quando realmente precisar, pois nossos familiares e amigos também curtirão apoiar. E o papai? Ah… a participação dele é mais do que confirmada, né?! Afinal, é lindo de ver o envolvimento do pai com o filhote que recém chegou.

CURTINDO A PRAIA COM O SEU BEBÊ

Levar o filhote pela primeira vez para a praia dá sempre um medinho, né? Será que ele vai gostar? Será que ele vai ficar protegido? Mãe é sempre assim: preocupadíssima. Mas saiba que, segundo os especialistas, a praia tá superliberada a partir dos seis meses de idade, quando a criança já pode usar protetor solar.

Com atenção e carinho, os seus finais de semana em família no litoral podem ser tão prazerosos
quanto os momentos na cidade. Confira as nossas dicas de cuidados com os pequenos, coloque a cadeirinha no carro e já para a praia!

Para proteger do sol – O ideal é curtir com o pimpolho bem cedo pela manhã ou ao final da tarde, horários em que o sol está mais fraco. Toquinhas e chapéus também ajudam a manter o filhote protegido se o passeio se estender, assim como ficar debaixo de guarda-sóis ou tendas. E o principal: não se esqueça do protetor solar! Fórmulas próprias para a pele dos pequenos protegem e ainda divertem a galerinha. O protetor Revitart Solar Kids, por exemplo, tem FPS 50, cheirinho e cor de uva, ajudando os pais a não se esquecerem de nenhum cantinho ao aplicar.

Para proteger do calor – Assaduras e brotoejas podem surgir na pele sensível dos pequenos. Por isso, mantenha a criançada sempre bem fresquinha e protegida, com roupas leves e que não apertem. Nos bebês, aplique pomadas antiassadura nas dobrinhas,e fique sempre de olho na fralda, para trocar quando preciso. Para os grandinhos, ofereça água com frequência. Eles também desidratam! Frutas como lanche também são ótimas opções.

Para manter limpinho – Lenços umedecidos são grandes amigos do bebê na praia (e a toda hora!). Eles podem ser usados tanto para remover areia das mãozinhas quanto na hora de trocar a fralda. Para as crianças que já podem entrar na água (seja acompanhada no mar, seja na piscininha inflável), o ideal é dar uma ducha de água limpa depois e trocar a roupa molhada por uma sequinha, evitando micoses.

Curta muito esse verão ao lado do seu filhote!

Protetor Revitart Solar Kids – Fps 50 | Creme Para Assaduras Revitart Baby 45g |Toalhas Umedecidas Crescendo

MÃES, ESPELHOS DOS FILHOS

Os filhotes são mestres em copiar as atitudes dos adultos! Todos os dias, as mamães percebem isso nas menores coisas. No caso das meninas, querer testar a maquiagem e as roupas das mães são só alguma delas. A verdade é que os exemplos que transmitimos impactam profundamente as crianças. Eles adquirem nossos hábitos, mas, acima de tudo, também herdam diversas de nossas características emocionais.

No livro Pais admiráveis educam pelo exemplo, a pedagoga Cris Poli defende que as crianças, desde muito pequenas, observam e se espelham nas atitudes e no comportamento dos pais, muito mais do que no que é dito ou nas broncas. Por isso, o exemplo pessoal é tão importante!

Assim, capriche nessas atitudes:

1. Amor e carinho
Beijar e abraças os filhotes é bom de mais. E receber o carinho especial das mães também! Mas o amor ainda está em passar um tempo de qualidade com os filhos, brincar, doar-se e prestar atenção naquilo que os fazem se sentirem amados. “É semelhante ao que ocorre quando se aprende a falar: o bebê ouve tanto quem está ao seu redor, que acaba assimilando naturalmente como se fala. De tanto viver imerso num ambiente amoroso, a criança cresce tendo o amor como parte natural de si”, explica Cris Poli em seu livro.

2. Alegria
Para Cris, é importante transmitir aos filhos que a alegria não é um simples estado circunstancial, e não depende de bens materiais. Devemos, sim, inspirá-los mostrando que a alegria acontece quando se é grato pelas conquistas e pelos bons momentos.

MÃES, ESPELHOS DOS FILHOS

3. Diálogo
Uma mãezona de atitude, que se posiciona com caráter e flexibilidade deixando de lado a intransigência, mostra para o filho que o diálogo é sempre a saída mais inteligente. Afinal, às vezes temos que abrir mão das nossas vontades e entrar em um acordo, não é mesmo?

QUATRO CUIDADOS DAS MAMÃES COM A PELE DO BEBÊ

As mamães com um pequenino em casa sabem que a hora do banho vai muito além da higiene do bebê. É hora de uma troca imensa de sensações, de carinho e de muito amor para os dois.

É também neste momento que a pele delicada dos bebês deve ganhar atenção extra. Isso porque só a partir dos quatro anos de idade eles começam a aumentar as suas defesas de pele contra micro-organismos. Os bebês são mais propensos a alergias, ressecamentos e irritações, e é preciso ficar de olho durante o banho.

Mamães, confiram algumas dicas de cuidados para o banho do filhote:

QUATRO CUIDADOS DAS MAMÃES  COM A PELE DO BEBÊ
1. Temperatura do banho regulada!
A temperatura ideal da água para o bebê é de 37°C. Já o ambiente onde será dado o banho fica mais agradável aos pequenos entre os 20°C e os 22°C. E lembre: só tire as roupinhas da criança pouco antes de molhá-la.

2. Olhinhos protegidos
Um shampoo adequado, que não arda os olhos, é fundamental durante o banho. Usar um copo ou fazer uma concha com as mãos são maneiras de remover o produto delicadamente.

3. As lindas dobrinhas
Após o banho, uma especial atenção deve ser dada às dobrinhas, que precisam ser secas cuidadosamente e sem esfregar. Não esqueça que as axilas, o pescoço e a virilha devem ficar bem sequinhas.

QUATRO CUIDADOS DAS MAMÃES  COM A PELE DO BEBÊ

4. Hidratação sempre
Além de gostosa, uma massagem após o banho serve também para hidratar a pele sensível dos pequenos. Demore o quanto achar necessário ao passar o produto nessas fofurinhas, elas vão gostar! Mas não se esqueça de usar um produto específico para a pele delas: hipoalergênicos e dermatologicamente testados!


PELE DELICADA E CHEIROSA!

Um toque a mais de carinho durante o banho dos bebês: a linha especial e super cheirosa para os fofuchos, Revitart Baby.

PELE DELICADA E CHEIROSA!