Como cuidar da saúde mental dos idosos na quarentena

como cuidar da saúde mental dos idosos na quarentena

É verdade que a Covid-19 alterou a rotina de todo mundo, mas se tem uma parcela da população que certamente ficou mais vulnerável aos seus efeitos esse grupo é o dos idosos. Afinal, por apresentarem maior risco de contágio, e por terem um pouco mais de dificuldade com tecnologias que facilitam a rotina, as pessoas mais velhas acabam vivendo com mais intensidade o isolamento e o distanciamento social.

Vale lembrar que situações como quarentenas tendem a intensificar sentimentos como ansiedade e depressão, podendo agravar até mesmo problemas crônicos de saúde como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares. Assim, é muito importante que cuidadores, familiares, amigos e até mesmo os próprios idosos, fiquem atentos a mudanças de comportamento que possam sinalizar que algo não anda bem.

Pensando nisso, selecionamos algumas sugestões que podem ajudar a amenizar os impactos do isolamento social de idosos nesse período. Confira as dicas e veja como auxiliar os mais velhos a passarem por tudo isso de forma mais leve e tranquila. ❤

como auxiliar os idosos no distanciamento social

SAÚDE MENTAL DOS IDOSOS: COMO AMENIZAR O ISOLAMENTO
1) Foque nas boas recordações

Naqueles dias em que você sentir que o astral está meio baixo, procure perguntar e conversar sobre histórias antigas e alimentar as boas recordações. Caso vocês morem juntos, vale recorrer aos álbuns de fotografia para reviver bons momentos. Se estiverem distantes, o caminho é alimentar a memória através de uma ligação telefônica ou da troca de arquivos pelos aplicativos de mensagem.

O legal dessa iniciativa é ajudar a pessoa idosa a ver sua experiência de forma positiva, além de reforçar sua importância no convívio com todos.

2) Proponha uma atividade conjunta de lazer 

Não é porque vocês estão longe que não é possível compartilhar um momento de lazer. Que tal combinar de assistir simultaneamente o mesmo programa ou filme na televisão? A experiência pode ser uma ótima forma de relaxar, sem falar que depois vocês podem se divertir comentando os melhores momentos.

Para pessoas que compartilham a mesma casa, a dica é propor uma partida de algum jogo de tabuleiro, cartas ou o que mais tiver a mão. Qualquer atividade que ajude a pessoa a viver um momento de descontração é válido para abstrair do cenário da pandemia.

3) Use a tecnologia ao máximo para aproximar

A gente sabe que muitas vezes os mais velhos têm certa dificuldade com a tecnologia. Mas neste momento, insistir um pouquinho em ensiná-los a usar certas ferramentas (como aplicativos de mensagens instantâneas) é importante. Afinal é uma forma de deixá-los com mais autonomia em suas rotinas e também mais próximos dos amigos e familiares.

como apoiar os idosos durante a quarentena

4) Incentive a criação de uma rotina

Seguir uma rotina, com horários definidos para tarefas como alimentação, sono e lazer, é uma estratégia que ajuda a regular o relógio biológico e aumenta a sensação de bem-estar. Melhor ainda se a pessoa idosa adicionar um momento para atividades físicas que possam ser realizadas dentro de casa.

A proposta de manter uma rotina organizada é ainda mais importante no caso de idosos que estejam trabalhando no sistema home office, no sentido de não deixar o lazer de lado e acabar sobrecarregado pelo trabalho.

5) Reforce a mensagem de que tudo passa

Salientar que o isolamento é importante e necessário é fundamental. Mas também é preciso lembrar os idosos de que essa é uma fase passageira e que quando tudo ficar bem será possível rever amigos e familiares.

6) Se possível estimule momentos ao ar livre 

Na casa ou apartamento existe um quintal, varanda ou janela onde bate sol? Então estimule a pessoa idosa a curtir alguns momentos no solzinho. A exposição à luz solar ajuda na absorção da vitamina D e também melhora o humor. 

Se necessário, modifique a disposição dos móveis para que o local próximo à janela fique mais acolhedor, ou dê uma organizada no quintal para que ele fique mais aconchegante. Assim você ajuda a deixar esse momento ainda mais gostoso e relaxante.

dicas cuidados com idosos na quarentena

7) Respeite a autonomia do idoso

Na ânsia de cuidarmos dos mais velhos, muitas vezes acabamos por infantiliza-los, no sentido de acharmos que conhecemos suas necessidades melhor do que eles mesmos. Essa é uma atitude perigosa, pois pode afetar a autoestima da pessoa idosa.

Assim, respeite o espaço de expressão de desejos e opiniões e procure prezar pela autonomia dos idosos. Ofereça ajuda mas se possível permita ao máximo que a sua interferência seja uma questão de escolha da pessoa que está recebendo auxílio.

Esperamos que as dicas deste post possam ajudar você a tornar este momento de confinamento um pouco menos difícil para os idosos. Lembre-se que, apesar de muitas cidades já estarem com regras mais flexíveis de convívio social, a recomendação ainda é de cautela. Portanto, evite contato físico com pessoas do grupo de risco e continue seguindo os protocolos de higiene. E se você tiver alguma sugestão legal de como lidar melhor com os efeitos do distanciamento social, conta pra gente nos comentários!


* Com informações de Portal Drauzio Varella.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s