Cuidados com a saúde no inverno: 7 dicas para manter-se saudável

cuidados com a saúde no inverno

O inverno começa oficialmente dia 20 de junho e, junto com a queda das temperaturas, a nova estação traz alguns alertas importantes em relação aos cuidados com a saúde.

É que além da concentração de pessoas em ambientes fechados favorecer a circulação de diversos tipos de vírus respiratórios, nesta época costumamos ficar menos atentos a fatores que ajudam a manter o bom funcionamento do organismo, tais como alimentação e hidratação.


Por isso, preparamos uma listinha com algumas recomendações que podem ser úteis para passar os dias frios com a saúde em dia. Confira quais são elas e prepare-se para curtir o inverno com ainda mais disposição!

como cuidar da saúde no inverno
CUIDADOS COM A SAÚDE NO INVERNO
1) Higienize as mãos e use máscara

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o costume de lavar as mãos pode reduzir em até 40% a contaminação por vírus e bactérias que causam doenças como gripes, resfriados, conjuntivites e viroses. E em tempos de pandemia, essa recomendação torna-se ainda mais importante. 

Vale lembrar que o álcool em gel não substitui a lavagem das mãos, mas deve ser utilizado no lugar dela quando não for possível o acesso a água e sabão, como na rua, por exemplo.

Esse ano, em virtude do coronavírus, o uso da máscara de tecido é uma forma de reforçar a proteção, junto com o distanciamento social e a higienização das mãos. A máscara pode ser usada até ficar úmida. Depois desse tempo, é preciso trocar. Então, o ideal é que cada pessoa tenha mais de uma máscara de tecido para poder alternar o uso.

2) Renove o ar dos ambientes

Deixar tudo bem fechado no inverno, para não entrar vento frio em casa, pode até parecer uma boa ideia do ponto de vista do conforto térmico. Entretanto, em um ambiente onde o ar não é renovado, as chances de transmissão de doenças virais e da ocorrência de alergias são muito maiores.

Além disso, se for um local muito frequentado, o fato de muitas pessoas respirarem o mesmo ar aumenta a liberação de gás carbônico e diminui o oxigênio. Esse tipo de situação pode causar sonolência e dor de cabeça. Por isso, procure abrir as janelas durante algumas horas por dia para que o ar se renove.

3) Alimente-se bem

No dias mais frios é normal termos vontade de consumir mais alimentos quentes, deixando de lado verduras, legumes e frutas. Mas é preciso ficar atento para não deixar o corpo carente de nutrientes.

A dica é pensar em novas formas de preparo que tornem os alimentos mais apetitosos. Legumes podem servir de base para sopas e caldos quentes. As folhas podem ser refogadas ou virar ótimos recheios de sanduíches, panquecas e omeletes. E as frutas ficam pra lá de apetitosas se assadas com um pouco de canela em pó salpicada.

cuidados com a alimentação no inverno

4) Mantenha a hidratação do corpo e cuide da garganta

Você faz parte do time que, conforme a temperatura cai, perde a vontade de beber água? Pois fique atenta: especialistas advertem que a sensação de sede diminui, mas a importância do líquido para o organismo não. 

Entre outros problemas, a desidratação costuma agravar os quadros de dor de garganta. Portanto, ter aquela garrafinha de água sempre por perto e reforçar a hidratação com chás são boas opções para cuidar da saúde da garganta.

E se por acaso a dor de garganta der as caras, uma dica é buscar o alívio dos sintomas através de  tratamentos naturais, como chás e sprays. Os produtos da linha Revimel, por exemplo, são elaborados com ingredientes naturais e sua base é o mel puro sem adição de açúcar. Sua composição auxilia nas enfermidades respiratórias.

linha revimel composto xarope e spray

Revimel – Composto de Mel com Extrato de Própolis (sabor Gengibre, Agrião e Eucalipto) e Revimel Spray – Composto de Mel com Extrato de Própolis (disponível no sabor Eucalipto e Menta) | À venda nas Farmácias Associadas.

Lembre-se apenas de não administrá-los a crianças menores de um ano e de investigar as causas dos sintomas da dor com um médico especializado.

5) Não deixe de tomar sol

Apesar de alimentação e exposição solar serem complementares na produção da vitamina D, é o sol que garante a maior parte do processo, sendo responsável por cerca de 80 a 90% da síntese da substância. Assim, em estações como outono e inverno, nas quais a incidência de raios solares costuma ser menor,  é fundamental tirar um tempinho para tomar um pouco de sol.

A vitamina D é necessária para diversos processos do organismo e, por isso, é importante que sua concentração no sangue esteja em níveis adequados. Ela ajuda principalmente na absorção de cálcio e está envolvida em várias funções dos sistemas imunológico, digestivo, circulatório e nervoso.

vitamina D no inverno

6) Cuide das cobertas e casacos pesados

Caso não tenham sido guardados corretamente, cobertores e casacos mais pesados podem acumular poeiras, ácaros e outros organismos que causam alergia.

Por isso, antes de utilizar peças guardadas por muito tempo, deixe-as expostas ao sol. Se necessário, realize antes uma lavagem para remover todas as impurezas impregnadas.

7) Tome as vacinas necessárias

Os organismos de saúde têm reforçado a importância de manter o calendário de vacinação em dia mesmo em meio à pandemia. Especialmente em se tratando de bebês e crianças.

Em 2019, o ressurgimento de doenças consideradas controladas no Brasil, como o sarampo, já havia acendido um alerta sobre a baixa cobertura vacinal e a vulnerabilidade da população brasileira. O medo agora é que, com a crise sanitária provocada pelo coronavírus, a procura por esse serviço seja ainda mais baixa, piorando a situação já considerada preocupante.

Para os adultos também existem algumas recomendações para que tomem determinadas vacinas – como a da gripe por exemplo. Nesse sentido, vale a pena conferir aqui no blog o post 7 vacinas que adultos deveriam tomar.

Vale lembrar que nenhuma vacina deve ser tomada sem orientação médica. Por isso, consulte o seu médico de confiança para orientá-la sobre a necessidade e os cuidados em relação a cada procedimento.

E então, o que você achou das dicas de saúde para enfrentar o inverno? Tem alguma sugestão de cuidados para compartilhar conosco? Conta pra gente nos comentários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s