5 cuidados que você precisa ter com a pele do bebê

cuidados com a pele do bebê

Tem coisa mais gostosa do que pele de bebê? Provavelmente, não. A pele fininha e macia proporciona uma sensação indescritível ao toque e, justamente por ser tão delicada, requer uma série de cuidados específicos para permanecer saudável.

Além da atenção à temperatura da água do banho, é legal ficar de olho nas alergias, na hidratação e também na exposição ao sol. Nesse sentido, selecionamos alguns dos principais cuidados que a pele dos pequenos demanda e as recomendações sobre o uso de produtos como hidratante e protetor solar. Confira as informações e descubra as peculiaridades da pele do bebê!

cuidados que você precisa ter com a pele do bebê
CUIDADOS IMPORTANTES COM A PELE DO BEBÊ
1) Temperatura e duração do banho

O ideal é que o banho do bebê seja morno, com a temperatura da água próxima da corporal ou ligeiramente mais baixa, entre 36ºC a 37,5ºC. No caso de recém-nascidos o banho não deve durar mais de cinco minutos. A duração pode ser maior conforme o bebê for se desenvolvendo e se familiarizando com o momento.

Um banho por dia é o suficiente, entretanto em dias muito quentes pode-se banhar a criança mais de uma vez para que se refresque. Se for o caso, use sabonete apenas uma vez ao dia, para preservar a película protetora natural da pele do bebê. 

Por falar em sabonete, opte sempre por produtos de higiene próprios para recém-nascidos e crianças, e que tenham passado por testes dermatológicos e hipoalergênicos. Também é legal conversar com o médico pediatra sobre o uso ou não de sabonete, visto que muitos profissionais dispensam o uso nos primeiros banhos da criança.

cuidados banho do bebê

2) Hidratação da pele

A pele é responsável por regular a temperatura interna do corpo, além de ter a função de defesa contra germes e bactérias, por isso merece atenção redobrada no quesito hidratação.

Vale lembrar que a pele do bebê absorve a hidratação mais rápido em comparação com a pele dos adultos, mas também desidrata com mais facilidade. Dessa forma, procure proteger a criança do clima seco, vento, baixa umidade e outros fatores que favorecem o ressecamento.

O uso de cremes hidratantes deve ser indicado pelo pediatra ou dermatologista. Se o produto for recomendado, o ideal é fazer a aplicação após o banho, sobre a pele já seca.

cuidados hidratação pele do bebê

3) Prevenção de assaduras

As assaduras costumam ser motivo de dor de cabeça para papais e mamães. Mas a boa notícia é que com algumas medidas simples é possível preveni-las.

A higiene correta e frequente, a troca periódica de fraldas, deixar a pele do bebê respirar um pouco entre as trocas de fralda e o uso de cremes específicos são algumas da medidas que ajudam a deixar as assaduras bem longe do seu pequeno. 

Para conferir todas as dicas sobre o assunto é só dar uma espiada aqui no blog no post 5 dicas para prevenir assaduras.

4) Escolha e manutenção das roupas

Bebês são mais propensos a alergias causadas por ácaros e poeira devido ao do sistema imunológico ainda não estar totalmente fortalecido. Dessa forma é legal priorizar roupas com tecidos que não acumulem pó, como algodão, flanela e moletom. Procure evitar ao máximo roupas de lã, plush, soft e veludo.

Outro ponto importante é a manutenção das peças, uma vez que a pele do bebê pode apresentar sensibilidade a produtos químicos presentes em roupas novas e também ao sabão residual que fica nos tecidos após a lavagem. A recomendação é que todos os itens novos – como roupas e lençóis – sejam lavados antes do primeiro uso. Se possível lave as roupas da criança em separado – principalmente nos primeiros meses de vida – e use um sabão líquido suave.

protetor solar para crianças

5) Proteção solar

O recomendado é sempre evitar que as crianças fiquem no sol entre 10 e 15 horas ou entre 11 e 16 horas na hipótese de horário de verão vigente. E no caso dos bebês, o cuidado deve ser redobrado. É que até completar seis meses de idade o bebê não pode usar protetor solar e o banho de sol (necessário para síntese da vitamina D) deve seguir as orientações do médico pediatra.

Já os bebês maiores de seis meses devem usar protetor solar sempre que estiverem expostos ao sol. Escolha um protetor solar específico para crianças e lembre-se de aplicar o produto pelo menos 30 minutos antes da exposição ao sol. Como a pele das crianças é muito sensível, é importante que o protetor tenha o FPS – Fator de Proteção Solar acima de 30, sendo os que contém FPS entre 50 e 60 os mais indicados.

Revitart Protetor Solar FPS 60 KIDS

Protetor Revitart Solar Kids FPS 60 | À venda nas Farmácias Associadas

O protetor Revitart Solar Kids, por exemplo, tem FPS 60, é resistente à água e ao suor. O produto oferece ampla proteção contra os raios UVA e UVB e sua nova fórmula sem corante e sem fragrância garante mais conforto e segurança para a pele sensível e delicada das crianças.

Com o protetor solar adequado, e seguindo as recomendações dos tópicos anteriores, você e o seu bebê podem aproveitar com muito mais tranquilidade os dias de sol e calor que estão chegando por aí! Aliás, você tem alguma dica para proteger a pele dos pequenos? Conta pra gente nos comentários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s