Repelente de Insetos: dicas para acertar na hora da compra

repelente de insetos como escolher

Muito mais do que evitar a dor e o incômodo das picadas de insetos, os repelentes exercem um papel importante na prevenção de doenças transmitidas pelos mosquitos, como a dengue, a zika e até mesmo a febre amarela.

Atualmente com diversas opções disponíveis no mercado, os repelentes de insetos atuam da mesma forma, que é criando uma camada de vapor com odor que repele a aproximação dos mosquitos. Porém, existem produtos com diferenças significativas na composição e que não são recomendados em determinadas situações.

Por isso, vale conferir quais são as principais diferenças entre os tipos de repelentes, como escolher o produto mais apropriado e os cuidados que devem ser tomados na hora da aplicação para garantir uma proteção mais eficaz!

repelente de insetos como escolher
O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA HORA DE ESCOLHER UM REPELENTE

– Os repelentes de insetos podem ser divididos entre naturais e sintéticos. Entre os naturais, os mais conhecidos são os óleos de citronela e de andiroba que, além de evaporarem rápido e terem um tempo de eficácia entre 10 e 20 minutos, podem causar alergias e irritações na pele;

– Em relação aos repelentes de insetos chamados sintéticos, que são aqueles que encontramos nas farmácias, é preciso prestar atenção no tipo de substância que serve de base para a sua composição: Icaridina, DEET ou IR3535;

– Os repelentes a base de DEET foram os primeiros a surgir no mercado e por isso são encontrados com facilidade. Entretanto, devem ser utilizados com bastante cuidado. Devido a sua toxicidade, o produto não deve ser usado em crianças menores de dois anos, sem falar que existem restrições quanto à frequência de aplicação em crianças menores de 12 anos;

– Os repelentes que levam a Icaridina em sua composição também devem ser usados com cautela, uma vez que não devem ser aplicados em crianças com menos de dois anos de idade;

– Por fim, os repelentes de insetos que levam o IR3535 em sua composição são os mais indicados para a aplicação em crianças, podendo ser utilizados em bebês a partir dos seis meses.

repelente de insetos como escolher

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA HORA DE APLICAR

– O repelente de insetos é o último produto a ser aplicado. Ou seja, deve ser utilizado após o uso de hidratantes, filtros solares e maquiagens;

– O produto não deve ser aplicado perto dos olhos, ouvidos, nariz e boca, uma vez que pode causar irritação. O melhor a fazer é aplicar o repelente nas mãos e depois passá-las no rosto com cuidado;

– Após a aplicação, as mãos devem ser lavadas;

– O contato da pele com a água, ou mesmo o suor excessivo, diminuem a eficácia do repelente. Por isso, é preciso reaplicar o produto sempre que houver necessidade, além de respeitar o período de reaplicação indicado na embalagem.


A Farmácias Associadas está lançando neste verão os Repelentes Revitart Family, produtos dermatologicamente testados, livres de DEET e que utilizam em sua composição o IR3535.

Os repelentes da linha oferecem proteção por até quatro horas após a aplicação e são clinicamente testados contra os mosquitos Aedes Aegypti (transmissor da dengue, febre amarela, zika e chikungunya), Anopheles (transmissor da malária) e Culex (transmissor da elefantíase).

repelentes revitart family

Repelente Revitart Family Loção (com textura suave e não oleosa) e Repelente Revitart Family Spray (não indicado para bebês por conter álcool na fórmula) | À venda nas Farmácias Associadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s