CONHEÇA OS DIURÉTICOS NATURAIS, ALIMENTOS E BEBIDAS QUE AJUDAM A DESINCHAR

Se tem uma coisa que causa desconforto é o inchaço. Ele acontece quando o corpo retém líquidos, acumulando excessivamente água entre as células. Isso pode acontecer por diferentes motivos como alimentação desregrada, consumo em excesso de bebidas alcoólicas e de sal, mau funcionamento dos rins e problemas circulatórios. As mulheres em geral também costumam ter inchaços durante os períodos menstruais ou de TPM (por conta das alterações hormonais).

A boa notícia é que os líquidos retidos no corpo são eliminados naturalmente através da urina. Por isso, uma ótima opção para amenizar o problema é recorrer a diuréticos naturais. Veja estas sugestões.

LEIA MAIS:
TCHAU, RETENÇÃO DE LÍQUIDOS! SAIBA COMO ALIVIAR O INCHAÇO

FRUTAS

Abacaxi: com grande teor de água e fibras, também melhora o funcionamento intestinal e renal. Ele ainda possui bromelina, uma enzina que facilita a digestão.

Melancia, coco, limão e maçã: excelentes diuréticos naturais, pois são ricos em potássio, o que estimula a produção de urina e, consequentemente, a eliminação de toxinas do organismo. A melancia e o coco também são ótimos para manter o corpo hidratado, enquanto o limão e a maçã são, respectivamente, fontes de vitamina C (reforça o sistema imunológico) e B6 (essencial para o desenvolvimento do sistema nervoso central).

Melão: além de ser aliado contra o inchaço, possui propriedades antioxidantes, ajudando a prevenir o envelhecimento precoce. Ainda é rico em fibras, substância que regula o intestino e melhora o desconforto causado pela constipação.

LÍQUIDOS

Água: fundamental para combater o inchaço, pois a desidratação pode levar ao problema. Quanto mais água, maior será a quantidade de toxinas que vamos eliminar por meio da urina.

Chás de cavalinha, capim-limão e salsinha: ervas diuréticas superindicadas, também trazem outros benefícios para o organismo. A cavalinha elimina o líquido do corpo, e, ao mesmo tempo, mantém no organismo os sais minerais essenciais. Já o capim-limão combate dores de estômago e é recomendado para momentos de estresse e ansiedade, pois é um calmante natural. E a salsinha é ótima porque melhora o sistema imunológico e a digestão.

Erva-mate: a cafeína presente na erva ativa a circulação do sangue, o que faz com que a retenção de líquido pelo organismo diminua. Assim como o melão, a erva-mate também possui antioxidantes, prevenindo o envelhecimento precoce.

Contraindicações:
Apesar de seus benefícios, é preciso atenção ao consumo de ervas. No caso da erva-mate, como ela possui substâncias estimulantes, deve ser controlada por quem sofre de hipertensão, taquicardia e disritmia, e por aqueles que usam medicamentos certos controlados. Já a salsa é contraindicada para gestantes e pessoas com inflamações agudas internas. A cavalinha também não deve ser consumida por gestantes e lactantes e por quem sofre com insuficiência cardíaca ou renal. Em excesso, a planta ainda pode causar irritação gástrica. O capim-limão, por sua vez, é contraindicado para grávidas e em casos de dores abdominais ou gastrite.
Lembre-se: é sempre importante consultar um médico ou farmacêutico para mais informações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s